Dry Martini

bols'Gin

Falar do Dry Martini sem falar de Gin não seria possível, a origem desse maravilhoso destilado, especula-se que ocorreu assim;

Apesar de ser uma bebida associada a Inglaterra e suas colônias desde o século XIX , o gim foi de fato inventado na Holanda por volta do século XVII.

Segundo historiadores, em 1650 o medico Franciscus ou Sylvius De La Boie, professor da Universidade de Leiden, que buscava em suas pesquisas um produzir um elixir terapêutico para problemas renais, em suas pesquisas resolveu misturar uma fruta com propriedades diuréticas a um destilado de grãos, que chamou de Genever ( zimbro em Holandês) .Esse remédio era muito saboroso e barato, logo ficou popular !! Os soldados que lutavam pela Europa na aquela época , espalharam o Genever pela Inglaterra quando retornavam a suas casas.

Nessa ocasião o destilador de Coffey (Continuo) estava sendo descoberto, isso alavancou sua produção em larga escala, rapidamente o Gin passou a ser a bebida mais consumida durante muitos anos.

the morden bartender

Sempre nas conversas entre os profissionais da área há polemicas e sempre haverá, a historia mais divulgada do surgimento do Dry Martini, cita que ele foi criado para o magnata D. Rockefeller por um barman que trabalhava no bar do Hotel Knickerbocker em Nova York em 1910, seu nome era Martini. Nosso querido amigo Zeca Meirelles proprietário da Pro Drinks SP, resolveu fazer um pequeno levantamento desse coquetel que é uma verdadeira lenda nos bares.

Segundo o levantamento feito por ele, é com o nome de “Martinez” que aparece a primeira receita no livro The Modern Bartender’s Guide de O.H.Byron, sendo uma possível variação do Manhattan em que se substitui o whiskey por gin.

Ainda segundo Zeca Meirelles, dizem que o coquetel foi desenvolvido na cidade de Martinez por um bartender chamado Richelieu ou ainda pelo “professor” Jerry Thomas no Occidental Hotel em São Francisco, mas sempre em referência à cidade californiana de Martinez.

Se você quer saber toda a historia, a Pró Drinks montou um curso muito legal falando da Evolução do Dry, que é ministrado pelo mestre Derivam Ferreira e seu fiel escudeiro kaskão Oliveira, informações pelo no link abaixo.

vintage_drinks_beverges_cocktail_martini_olive_poster-r95a9d06b8a48487a90b2c1282c8f4683_v58q_8byvr_512

DRY MARTINI (IBA)

Para a execução do Dry você vai precisar dos seguintes equipamentos de bar:

  • um copo mixer
  • uma colher bailarina
  • um passador
  • uma taca clássica de Dry

No copo mixer coloque gelo, escolha as pedras maiores!! Em seguida mexa com a bailarina para resfriar um pouco o copo, retire a agua que juntou no fundo do copo mixer

Coloque gotas de Noilly Prat (Vermouth), adicione o Gin de sua preferência e misture

Verta para a taça gelada de dry, finalize com a azeitona.

Cursos de bar betobarmaster 

http://www.prodrinks.com.br

Fontes

Jackson Michael- Guia Internacional do Bar- 1980-Ed Abril

Regan Gary – The Martini Companion-1997-Running Press Book Publishers